Conexão Filosofia

Esse é o Conexão Filosofia, um blog dinâmico que trará grandes contribuições, reflexões, discussões e conhecimentos filosóficos.


    FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Compartilhe

    Leandro Brandão

    Mensagens : 3
    Data de inscrição : 15/04/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Leandro Brandão em Sex 13 Nov - 16:23

    -Epicurismo, pelo o que entendi é a busca do próprio prazer do individuo é uma falsa felicidade porque para o individuo a felicidade só existe se ele fizer todas as suas vontades, seus prazeres é uma felicidade de momento, que uma hora se ta feliz, mais outra não esta pois não foi realizado o seu prazer a sua vontade. é uma falsa felicidade porque o individuo fica preso a sua vontade e não ao o que é uma felicidade na realidade. por exemplo pegar um carro sai correndo sem parar, para o individuo isso é felicidade sendo que na verdade é um capricho, ja depois que passa a tal da (felicidade) que é na verdade é um prazer depois que passa, o individuo em muitas das vezes fica tristes por queres a tal da felicidade de novo.


    -Estoicismo, entendo que ele defende a tese que a felicidade é mais religiosa que pra você ser feliz tem que andar segunda a religião fazer as coisas certinhas, não se envolver com os (malefícios) da vida como bebidas, drogas , roubos e etc andar segundo a lei divina fazer tudo correto e ai sim vai ter a tão sonhada felicidade seguindo esses princípios.

    Isabela Rodrigues Souza

    Mensagens : 4
    Data de inscrição : 16/03/2015
    Idade : 19

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Isabela Rodrigues Souza em Sex 13 Nov - 18:04

    Isabela Rodrigues, nº 23, 3º I. Período: Noturno.
    Bom, o estoicismo seria algo sobre o destino e , os estóicos são completamente felizes, vendo a felicidade em absolutamente tudo, e em qualquer circunstância, não importa qual seja!

    O epicurismo seria o prazer, basicamente sentirmos prazer das coisas que temos, sejam elas extravagantes ou simples. Segundo Epicuro, não devemos ter medo da morte porque a consciência de que a morte nada significa para nós é importante para que aproveitemos melhor a vida enquanto a temos e sejamos felizes no momento presente.

    Quando perguntamos pra outras pessoas "O que é felicidade para você?", nunca iremos ter a mesma resposta de pessoas diferentes, pois todos nós temos o nosso conceito do que é felicidade. Para mim, quem é feliz é aquele que se desprende de bens materiais porque não nos agregam a nada.

    As pessoas muitas vezes confundem felicidade com alegria, acredito eu que, alegria é algo momentâneo, e felicidade é algo muito mais intenso e duradouro, algo que faz bem à sua alma!

    Wellington
    Convidado

    Epicurismo vs Estoicismo

    Mensagem por Wellington em Sex 13 Nov - 22:34

    O epicurismo é a filosofia que acredita que a felicidade só é alcançada através da sabedoria, e esta só é alcançada se você se livrar de toda perturbação exterior e interior. O sujeito deve ignorar opiniões alheias, o medo da morte, não deve acreditar nem no destino e nem na sorte e devemos nos conhecer, acima de tudo.
    Pra mim, a grande falha neste pensamento é dizer que só alcançaremos a felicidade se não nos deixarmos atingir por fatores externos, se não deixarmos nada atrapalhar a nossa paz interior. Pra mim isso é impossível. Como citado no vídeo, se nossa casa pegar fogo ou um familiar morrer é claro que ficaremos tristes, isso não quer dizer necessariamente que não possuímos sabedoria ou que nossa felicidade em momentos anteriores foi falsa.
    Já no estoicismos vemos uma filosofia baseada na providencia divina, que acredita em um Deus-Logos soberano que faz com que as coisas sejam do jeito que elas tem que ser e que diferentemente do epicurismo acredita em destino. Este pensamento diz que se desejarmos algo diferente do que já nos está reservado jamais seremos felizes, mas se nos conformarmos com aquilo que nos está destinado teremos grandes chances de felicidade.
    Gosto de pensar que somos livres para fazer nossas escolhas e se nossa força de vontade se unir com nosso bom senso podemos fazer aquilo que desejarmos dentro dos limites de nossas capacidades e sermos felizes.

    Wellington Luiz n40 3F

    Bruna Rodrigues
    Convidado

    Bruna Rodrigues / nº43 / 3ºF

    Mensagem por Bruna Rodrigues em Sex 13 Nov - 23:00

    O epicurismo fala sobre a moderação dos nossos prazeres para que possamos atingir um estado de paz interior e nos libertar de todos os nossos medos. Epicuro diz que devemos evitar a dor e levar uma vida longe de outras pessoas, para que a opinião dos outros não nos limite. Esta filosofia também diz que devemos nos conhecer, nossos desejos mais íntimos e direcionar tudo isso de forma correta para algo que nos acrescente.
    A falha neste pensamento pra mim, é acreditar na sabedoria e verdade absoluta. Tudo na vida passa por momentos de altos e baixos, não dá pra atingir um estado de perfeição.
    O estoicismo é a crença da Providencia Divina, do Deus-Logos, destino e privação de livre arbítrio, já que o Logos tem um destino pré determinado para todos. Para a felicidade ser atingida devemos nos privar dos vícios causados por álcool, drogas e afins. Ela ao utilizarmos dessas coisas temos momentos de alegria exacerbada, porém não passa disso, algo momentâneo e incompleto.
    O que mais me agrada nesse pensamento é o fato de dizer que não devemos procurar a felicidade em produtos externos, algo momentâneo e fútil. Mas a maior falha estaria em dizer que somos determinados a fazer algo ou agir de determinada maneira, pois se não o fizermos jamais alcançaremos a liberdade.

    Graziele
    Convidado

    Graziele Lins / n20 / 3F

    Mensagem por Graziele em Sex 13 Nov - 23:27

    Os epicuristas dizem que a felicidade será atingida quando o individuo tiver uma saúde de espirito, ou seja, conhecer o que nos faz bem e o que nos faz mal e optar por aquilo que nos enaltece, que nos acrescenta. Acredita que para atingirmos a felicidade devemos nos abster de sentimentos como o medo da morte, do sofrimento corporal e procurar tranquilidade. Não devemos ter desejos exagerados, por isso devemos nos conhecer muito bem para sabermos o que realmente precisamos e direcionar todas as nossas forças para aquilo.
    Já o estoicismo se assemelha bastante com a doutrina determinista, pois acredita que existe um Deus-Logos e uma Providencia divina. Acredita que as coisas são por que a Razão Divina quer que ela seja assim e se você for contra o que está destinado a você, você jamais atingirá a felicidade. A chave para a felicidade segundo os estoicos é reconhecer seu destino e aceita-lo, assim você terá mais chances de ser feliz. Eles também pregam a felicidade como uma busca incansável do bem e evitar todo o mal, todo o vicio.
    Epicteto diz que podemos escolher quando se trata do conteúdo e da natureza da nossa vida interior, porem se tentarmos assumir assuntos alheios como se fossem nossos próprios só nos tornaríamos frustrados, ansiosos e com tendencias a críticas.

    Ágatha Omi

    Mensagens : 5
    Data de inscrição : 08/04/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Ágatha Omi em Sex 13 Nov - 23:38

    Epicuro acreditava que o maior bem era a procura de prazeres moderados de forma a atingir um estado de tranquilidade (ataraxia) e de libertação do medo, assim como a ausência de sofrimento corporal (aponia) através do conhecimento do funcionamento do mundo e da limitação dos desejos. A combinação desses dois estados constituiria a felicidade na sua forma mais elevada.
    Epicuro vê na filosofia o caminho para alcançar a felicidade, entendida como libertação das paixões. O valor da filosofia é, pois, puramente instrumental: o seu fim é a felicidade.
    Mediante a filosofia o homem liberta-se de todo o desejo inquieto e molesto; liberta-se também das opiniões irracionais e vãs e das perturbações que delas procedem.

    Pedro Henrique
    Convidado

    Pedro Henrique / n38 / 3F

    Mensagem por Pedro Henrique em Sex 13 Nov - 23:39

    Epicurismo : doutrina que acredita que a verdadeira felicidade está no controle e moderação dos prazeres, do medo e da dor. Epicuro diz que devemos nos afastar de falsas opiniões, como o temor pelos deuses, pois isso só causa nossa infelicidade. Epicuro não contesta a existência dos deuses, apenas diz que eles estão muito alem de nós e em nada interfere em nossas vidas. Também vê o medo da morte como um obstaculo para a nossa felicidade, já que segundo ele quando estamos vivos e presentes ela está ausente para nós, e quando ela está presente nós que nos tornamos ausentes. Outro empecilho segundo Epicuro é crer no destino e na sorte, pois pensar no que pode nos acontecer futuramente só causará perturbação de nossas almas.
    Estoicismo : doutrina que acredita na sabedoria e felicidade absoluta, sem deixar que fatores externos atrapalhem nossa paz interior. Muito ligada a religião por acreditar na Providencia Divina e no fato de que há uma Razão divina para todas as coisas que nos acontecem e que tentar mudar um destino já reservado para nossas vidas só resultará na nossa infelicidade. Devemos abraçar aquilo que nos está reservado pois assim termos mais chances de felicidade.
    avatar
    Isabella Pires

    Mensagens : 8
    Data de inscrição : 11/03/2015
    Idade : 19

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Isabella Pires em Sex 13 Nov - 23:49

    A busca da felicidade para Epicuro, centrava-se na busca da libertação, de prazeres na verdade moderados e saboreados também com a razão. O epicurismo valorizou as sensações como a lógica do conhecimento e a percepção do sensível. Tentou livrar o homem de medos relacionados a vida, morte, deus e outras crenças assustadoras.Viver  feliz é o princípio e o fim. Não existe a necessidade de poder ilimitado, ganância e etc. Deve-se saber e ter discernimento para separar aquilo que é prudente. Epicuro busca um prazer dosado, controlado, que possa trazer felicidade, paz e liberdade. No pensamento dos estóicos, o fim supremo, o único bem do homem, não é o prazer, a felicidade, mas a virtude não é concebida como necessária condição para alcançar a felicidade, e sim como sendo ela própria um bem imediato. Com o desenvolvimento do estoicismo,  a virtude acaba por se tornar meio para a felicidade da tranqüilidade, da serenidade, que nasce da virtude negativa da apatia, da indiferença universal. A felicidade do homem virtuoso é a libertação de toda perturbação, a tranquilidade da alma, a independência interior, a autarquia. Sócrates deu novo rumo à compreensão da ideia de felicidade, ela não se relacionava apenas à satisfação dos desejos e necessidades do corpo, pois, para ele, o homem não era só o corpo, mas, principalmente, a alma. Assim, a felicidade era o bem da alma que só podia ser atingido por meio de uma conduta virtuosa e justa. Aristóteles conclui que a maior virtude de nossa alma racional é o exercício do pensamento, pelo quê, segundo ele, a felicidade chega a se identificar com a atividade pensante do filósofo, a qual, inclusive, aproxima o ser humano da divindade. Para Epicuro o prazer era essencial à felicidade. Mas ele deixa claro, numa carta a um discípulo, que não se refere ao prazer “dos dissolutos e dos crápulas” e sim ao da impassibilidade que liberta de desejos e necessidades. No entanto, para Kant, como a felicidade se coloca no âmbito do prazer e do desejo, ela nada tem a ver com a Ética e, portanto, não é um tema que interesse à investigação filosófica.  Meu pensamento sobre felicidade é ter saúde, amor, dinheiro suficiente,  e além disso, a ideia de felicidade não é uma coisa recente. Com certeza, ela acompanha o ser humano há muito tempo e faz parte de sua história.

    KelvinKennedy
    Convidado

    Kelvin Kennedy n29 3F

    Mensagem por KelvinKennedy em Sex 13 Nov - 23:52

    Os estoicos tem pensamentos muito parecidos com os da doutrina determinista, já que acreditam em uma falsa liberdade e que já estamos pré determinados a viver nossas vidas. Eles acreditam em uma providencia divina e que tudo acontece por uma razão, tentar muda-la só resultará na nossa infelicidade. Então a verdadeira liberdade seria se adequar as vontades ao destino desejando apenas aquilo que Logos preparou para cada um. Acredita na sabedoria absoluta e que apenas o sábio pode ser feliz visto que esse se isenta de toda a forma de sentimento negativo.
    Epicuro, diferente de Zenão, não acredita em destino e muito menos em sorte. Ele vê a felicidade como uma simples forma de moderação dos prazeres. Para ser feliz você precisa ser moderado quanto a isso. Ele não dispensa os prazeres, reconhece que o ser humano precisa disso, mas procura fazer uma distinção, uma seleção dos prazeres que nos são benéficos e dos que não são.
    Também devemos reconhecer aquilo que está no nosso alcance e não desejar o que não podemos ter, pois isso só resultaria em infelicidade e perturbação da alma.
    avatar
    Isabella Pires

    Mensagens : 8
    Data de inscrição : 11/03/2015
    Idade : 19

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Isabella Pires em Sab 14 Nov - 0:01

    Pedro Cinelli 3°J escreveu:Com base nos vídeos, cheguei a conclusão de que no estoicismo o sábio sempre será feliz, mesmo acontecendo qualquer coisa com ele, nada irá mudar o sentimento dele, como a frase usada no vídeo podendo explicar isso melhor "se você é sábio, você é feliz em toda e qualquer circunstância".
    Já no epicurismo a música relacionada diz também que "felicidade é questão de ser", e mostra que podemos ser felizes quando realizamos aquilo que queremos ou sempre sonhamos e também com as pessoas que são bem importantes para nós.

    Se a felicidade acompanha o ser humano há muito tempo e faz parte de sua história já que podemos ser felizes quando realizamos o que queremos no seu ponto de vista se eu não alcançar o que quero algo impedirá que eu seja feliz? Mesmo sem realizar meu sonho.

    Isabella Pires 3ºK

    Lauranier h.

    Mensagens : 5
    Data de inscrição : 08/11/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Lauranier h. em Sab 14 Nov - 0:04

    Victor Duarte 3J escreveu:Segundo os filósofos e suas teorias, a felicidade e um estado corporal e espiritual onde não há dor, dizem que a felicidade só é alcançada pelo total domínio da razão, ou seja, usando da filosofia para encontrar a verdade, deixando seus sentimentos de lado, e partem pra uma procura do " conhecimento verdadeiro".
    Os videos nos traz algumas concepções onde vimos elas nos dias atuais, como: " Dinheiro traz felicidade ", bem de certo modo a felicidade nos trás apenas a felicidade momentânea, apenas a superficial, sendo assim, ainda não descobrimos " a matéria-prima da felicidade " onde só acharemos ela, quando descobrimos em nos mesmo oque nos torna mais feliz, e com isso conseguimos alcançar a nossa felicidade.

    Victor Duarte N35 3J Noturno


    Concordo com o victor que dinheiro não traz felicidade e sim uma alegria que pode ser momentânea ou não ,para min não existe uma '' matéria prima para a felicidade '' muitas vezes as pessoas veem a felicidade tendo algo material que é muito comum, acho que na verdade as pessoas não sabem o que é felicidade , nem valorizam o momento .
    avatar
    Isabella Pires

    Mensagens : 8
    Data de inscrição : 11/03/2015
    Idade : 19

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Isabella Pires em Sab 14 Nov - 0:06

    Ágatha Omi escreveu:Epicuro acreditava que o maior bem era a procura de prazeres moderados de forma a atingir um estado de tranquilidade (ataraxia) e de libertação do medo, assim como a ausência de sofrimento corporal (aponia) através do conhecimento do funcionamento do mundo e da limitação dos desejos. A combinação desses dois estados constituiria a felicidade na sua forma mais elevada.
    Epicuro vê na filosofia o caminho para alcançar a felicidade, entendida como libertação das paixões. O valor da filosofia é, pois, puramente instrumental: o seu fim é a felicidade.
    Mediante a filosofia o homem liberta-se de todo o desejo inquieto e molesto; liberta-se também das opiniões irracionais e vãs e das perturbações que delas procedem.

    "Mediante a filosofia o homem liberta-se de todo o desejo inquieto e molesto; liberta-se também das opiniões irracionais e vãs e das perturbações que delas procedem." Mediante a você, como o homem liberta-se de todo o desejo inquieto e molesto; liberta-se das opiniões irracionais e vãs e das pertubações?

    Lauranier h.

    Mensagens : 5
    Data de inscrição : 08/11/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Lauranier h. em Sab 14 Nov - 0:13

    Pedro Cinelli 3°J escreveu:Com base nos vídeos, cheguei a conclusão de que no estoicismo o sábio sempre será feliz, mesmo acontecendo qualquer coisa com ele, nada irá mudar o sentimento dele, como a frase usada no vídeo podendo explicar isso melhor "se você é sábio, você é feliz em toda e qualquer circunstância".
    Já no epicurismo a música relacionada diz também que "felicidade é questão de ser", e mostra que podemos ser felizes quando realizamos aquilo que queremos ou sempre sonhamos e também com as pessoas que são bem importantes para nós.

    Na minha concepção o epicurismo é bem mais que : '' realizar aquilo que queremos ou sempre sonhamos ..'' por que no epicurismo tem as 4 leis a ser seguidas , para você se tornar uma pessoa feliz e realizar seus desejos não tem nada a ver com essas leis.

    Lauranier h.

    Mensagens : 5
    Data de inscrição : 08/11/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Lauranier h. em Sab 14 Nov - 0:30

    IIgor Pereira escreveu:

    Bom viver em sociedade não é fácil,mas como podemos dizer que a felicidade esta em nosso cotidiano?se existe mais atos desumanos ou infelizes?Se você observarem meu comentário anteriore verão que eu cito a Infelicidade como sendo um conjunto da Felicidade.
    A aluna Jessica Mendes citou que a felicidade esta no nosso cotidiano,mas cade?Será que somos totalmente felizes a ponto de fala que eu sou alegre em sociedade?(estou falando em sociedade,não como individuo individual)VocÊ é feliz em uma sociedade com regras?que te cita o que tem que fazer?Então podemos concluir que a Felicidade é uma palavra que cada um entendi diferente.
    Coloquei a imagem para verem também,será que as crianças ou cidadãos da Africa naquela situação conseguem supera tal situação?Do modo mais difícil ou fácil?/será que eles sentem felicidade?
    Acho que a felicidade começa no individuo , como ter uma sociedade completamente feliz ? a felicidade para min é individual , não consigo imaginar uma sociedade inteiramente feliz , isso não existe ...voce pergunta : Você é feliz em uma sociedade com regras ? que te cita o que tem que fazer ? minha resposta é : sim eu sou feliz em uma sociedade com regras , regras são feitas para melhorar o convívio em sociedade , e na verdade o governo ou a própria sociedade em si cita o que você tem que fazer ,porem você faz se você quiser

    Lauranier h.

    Mensagens : 5
    Data de inscrição : 08/11/2015

    felicidade

    Mensagem por Lauranier h. em Sab 14 Nov - 0:39

    os vídeos ajudam a entender mais a diferença do epicurismo e estoicismo , os dois tem formas diferentes que mostram a felicidade , para min acredito mais nos aspectos epicuristas ,a felicidade é individual e nem todos sabemos o que é isso , eu mesma as vezes penso que quando eu conseguir o emprego dos sonhos ,o carro do ano , casa própria e etc ,vou ser feliz ... acho que todos nos já pensamos isso , mas entendi que com esse bens matérias eu irei ter alegria mas não felicidade . Felicidade para min é como ter paz interior ,ser uma pessoa que sabe viver e aproveitar os momentos bons e ruins que a vida nos proporciona.

    leo

    Mensagens : 1
    Data de inscrição : 05/11/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por leo em Sab 14 Nov - 9:46

    Pelo que estudei sobre epicurismo,acredito que para as pessoas ser felizes  é necessario que elas vivam com  prazer fugindo da dor , pois prazer atraem prazer, que atrai a felicidade Segundo o epicurismo.
    Ja o estoicismo a felicidade vem da aceitação  ou seja do Amor do seu destino, eles procura a felicidade na religião



    Nome:Leonardo Mendes da Silva
    Numero:20
    3j




    Mariana B.
    Convidado

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Mariana B. em Sab 14 Nov - 12:14

    Como foi estudado em sala pela apostila sabemos que: bounce  bounce  bounce
    "...A felicidade, para o estoicismo, consiste em buscar o bem, isto é, a virtude, e evitar o mal, ou seja, o vicio. Bem e mal, portanto, são entendidos em um sentido puramente moral. As coisas relativas ao corpo, independente de serem nocivas ou saudáveis, não são em si boas nem más, mas indiferentes."

    "...A felicidade, segundo estoicos, exige também que adotemos uma atitude de apatia em relação às paixões, pois estas, em geral, são causa de perturbação e infelicidade para nossa alma.Sentimentos como medo, dor, piedade, inveja, ciúme, aflição, ansiedade, cobiça, raiva, amor (especialmente quando não correspondido), ódio, volúpia, entre outros, nos aprisionam, nos atribulam e nos impedem de ter paz de espirito." e com isso tento à conquista da felicidade."


    Então a felicidade estoica consiste em não desejar mais do que se pode ter, conformar-se com o Destino.

    cheers bounce cheers lol!

    Nome: Mariana Barbosa de Miranda
    Nº37 - 3ºAno K - Noturno

    Mariana B.
    Convidado

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Mariana B. em Sab 14 Nov - 12:20

    A felicidade não é permanente porque não dá para estar bem o tempo todo. Mas também não precisa ser uma eterna projecção.
    cheers

    Mariana Barbosa de Miranda n37 3ºK

    Ezequiel Miranda silva

    Mensagens : 5
    Data de inscrição : 26/10/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Ezequiel Miranda silva em Sab 14 Nov - 12:35

    A felicidade para Sócrates
    A felicidade para Sócrates está relacionada com a virtude. Esta pode ser interpretada como um meio para alcançar a felicidade ou como a própria felicidade.
    A felicidade para Sócrates é a obtenção do maior prazer possível e disponível ao ser humano; este agiria de forma a obter o máximo prazer. Irwin entende que, segundo o diálogo “Protágoras”, nós tendemos a considerar aquilo que nos dá prazer como algo “bom”, mas o inverso não ocorre: não consideramos uma coisa prazerosa porque ela é boa.

    fonte: http://www.alunosonline.com.br/filosofia/a-felicidade-para-socrates.html
    Ezequiel Miranda
    n:08
    serie : 3K

    Ezequiel Miranda silva

    Mensagens : 5
    Data de inscrição : 26/10/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Ezequiel Miranda silva em Sab 14 Nov - 12:39

    A felicidade é o fim que natureza humana visa. E, a felicidade é uma atividade, pois não está acessível àqueles que passam sua vida adormecidos. Ela não é uma disposição. À felicidade nada falta, ela é completamente auto-suficiente. É uma atividade que não visa a mais nada a não ser a si mesma. O homem feliz, basta a si mesmo.
    Aristóteles

    Ezequiel Miranda
    n: 08
    3K

    Guilherme Rodrigues
    Convidado

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Guilherme Rodrigues em Sab 14 Nov - 16:04

    Em meu ponto de vista o Epicurismo diz que nossos prazeres moderados é que fazer de nós feliz, no caso algo que possa ser passageiro, ou algo mais prolongado, como um relacionamento, uma meta de emprego, um aumento salarial,festas , coisas que nos proporcionam uma felicidade relativa, que nos fazem esquecer os problemas e viver uma vida tranquila.

    Já o Estoicismo se baseia na regras dadas pela natureza em que o homem não tenta modifica-las somente as aceita, no caso ele segue a ordem da vida naturalmente, sem desejos abusivos, oque a natureza lhe oferecer é oque ele usara, assim ele não é ganancioso muito menos mesquinho. Você é feliz com oque tem em outras palavras.

    Guilherme Santos Rodrigues 3º I Noturno

    LucasSena

    Mensagens : 3
    Data de inscrição : 13/06/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por LucasSena em Sab 14 Nov - 17:03

    A felicidade é algo passageiro, por isso o ser humano busca tanto... Posso estar feliz agora e em questão de minutos perder toda essa felicidade, acredito sim que felicidade é o prazer, fazer aquilo que gosta e o que te faz bem, a felicidade é como a paz, é algo momentâneo, não existe paz absoluta, pois somos seres equilibrados, é o que ocorre com a felicidade, yin yang é o melhor exemplo disso.

    Douglas Pereira Ires

    Mensagens : 4
    Data de inscrição : 16/03/2015
    Idade : 19

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Douglas Pereira Ires em Sab 14 Nov - 17:19

    Epicurismo é um sistema filosófico que busca a procura dos prazeres para resultar um estado de tranquilidade, libertação e ausência de sofrimento corporal. Epicuro mostra que para encontrar a felicidade é preciso buscar a saúde da alma evitando dor, pertubações e luxos, se colocando em harmonia com a natureza desfrutando a paz. E principalmente a amizade, uma das receitas para se encontrar a felicidade.

    Estoicismo, acredita-se que há um governador, uma razão universal e divina que ordena todas as coisas, onde tudo surgi e resulta apartir dele. Possui duas consequências éticas: que a pessoa deve viver conforme a natureza e que o homem sábio torna-se livre e feliz quando não se deixa escravizar pelas coisas externas e paixões.

    Os videos apresenta visões diferentes da felicidade e com base nesses conteúdos concluo que, a felicidade é alcançada em situações simples mas de grande valor apoiando a ideia que podemos cultiva-las na sua liberdade e amizades onde nos presenteia com sensações prazerosas, vibrantes e intensas, saboreando cada momento que nos é dado ausentando a dor e o sofrimento que pode nos aparecer durante a vida.


    "But there's one thing, I know
    the blues they sent to meet me won't defeat me.
    It won't be long 'till happiness steps up to greet me"

    Raindrops Keep Falling On My Head - B. J. Thomas
    avatar
    Tayna Galbiate

    Mensagens : 7
    Data de inscrição : 19/03/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Tayna Galbiate em Sab 14 Nov - 17:40

    isabella ferreira escreveu:O ponto de vista dos filósofos sobre o epicurismo é que para que se tenha felicidade é necessário que se tenha prazer, ou seja, não devemos ter causas que façam ter angustias ou preocupações na nossa vida (ausência de dor).
    Assim o alguns filósofos , epicurismo defende que o sofrimento pode ser evitado com a compreensão de que o universo é inteiramente constituído de matéria ,inclusive a alma , e que todo e qualquer fenômeno pode ser explicado.
    Já o estoicismo puxa para um lado mais religioso, onde acredita que a busca da harmonia ( uma ligação) entre a alma e deus, mas de acordo com a natureza e a razão. E para mim felicidade é estar com a minha família, é estar satisfeita com as coisas simples da vida. Como por exemplo um simples Pôr-do-sol. Smile  Smile  Smile

    Concordo com seu pensamento pois penso da mesma maneira só não tinha feito essa associação entre alma e deus que você escreveu, e também acredito que a felicidade está em coisas simples como um lindo pôr-do-sol sunny
    avatar
    Tayna Galbiate

    Mensagens : 7
    Data de inscrição : 19/03/2015

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Tayna Galbiate em Sab 14 Nov - 17:53

    Antunes escreveu:O Epicurismo, é a felicidade ligada ao libertárismo, onde se acredita que nosso estado depende somente de nossas escolhas e o Estoicismo, como seu oposto, está ligado ao determinismo que se baseia nas vontades da natureza, destino e religiosidade.

    A felicidade é como Aristóteles defende em sua tese sobre o equilíbrio. Nós precisamos de equilíbrio para poder agir de acordo com o libertarismo, tendo nossa felicidade sem agredir a do próximo. Felicidade não é sorrir todos os dias de nossas vidas, precisamos também da tristeza, sorrir e chorar para ter sempre a sensação de estar vivo. Como foi citado no vídeo acima: "Felicidade não é uma vida livre de tristezas" e sim, ter controle sobre nossas escolhas para ter bons momentos, mesmo que momentâneos, para podermos assim em um dia de tristeza nos recordar e ganhar um sorriso.

    Podemos dar como exemplo de equilibrio um dia de stress, onde algo de ruim te aconteceu e então você para pra pensar o quanto isso irá interferir na sua vida, seja daqui à um mês ou dois dias, e na maioria das vezes você vai perceber que situações ruins são mais momentâneas que as boas.

    Logo, a felicidade está ligada ao bem estar com nós mesmos, sem rancores, preconceitos ou qualquer sentimento que nos desequilibre, totalmente independente de bem materias!


    Adorei seu comentário porque não vi ninguém até agora associar o Epicurismo ao libertarismo e o Estoicismo ao determinismo e eu penso da mesma forma e achei que era a única até me deparar com o seu comentário. Concordo também que precisamos de equilíbrio, onde nossa felicidade não pode agredir a do outro, e também acho que precisamos da tristeza, do choro, mesmo isso sendo ruim acho que é necessário.

    Conteúdo patrocinado

    Re: FÓRUM 3 ANO 4 BIMESTRE

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 22 Nov - 10:44